Computador

[Computador] [twocolumns]

Xbox

[Xbox] [twocolumns]

PlayStation

[PlayStation] [twocolumns]

Nintendo

[Nintendo] [twocolumns]

Notícias

[Notícias] [twocolumns]

Downloads

[Downloads] [grids]

Microsoft volta a banir contas do Xbox Live alegando 'roubo no Marketplace'.

Jogadores que usam pirataria no Xbox 360 continuam na mira da Microsoft. Agora a empresa começou uma nova onda de banimentos de usuários da rede Xbox Live, principalmente aqueles que conseguiram jogos de maneira ilícita no Xbox Market Place.

"Durante um processo de investigação recente, descobrimos usuários que acessavam o Xbox Live Marketplace para baixar conteúdos e utilizá-los de forma irregular", diz um porta-voz da Microsoft no fórum oficial do Xbox em um tópico intitulado "Suspensão por roubo no Marketplace".

"Notamos que esses acessos foram intencionais e não acidentais, constituindo um flagrante de violação aos Termos de uso para o serviço. Não divulgaremos informações adicionais sobre banimentos individuais referentes a essas infrações", diz.

"Por favor, notem que estamos sendo muito cuidadosos quanto a esses banimentos, e temos evidências claras sobre cada notificação emitida no processo de suspensão permanente do serviço. Pedimos desculpa por qualquer frustração ou confusão causada pela nossa incapacidade em compartilhar detalhes individuais e agradecemos a todos pela cooperação", finaliza.

A onda de banimentos de consoles que usam pirataria já é uma rotina e acontece todos os anos durante o segundo semestre, época em que os jogos mais populares chegam às lojas. Segundo a empresa, desbloquear o Xbox 360 vai contra os termos de uso d o contrato de assinatura da Xbox Live e o cancelamento do acesso ao serviço está previsto como punição aos infratores.

Banindo e desbanindo

Ao ser banido da rede, o usuário recebe uma mensagem no console que afirma que a conta ou o aparelho não poderão acessar o serviço até o dia 31 de dezembro de 9999.

Alguns usuários se manifestaram em redes sociais e em fóruns da internet alegando inocência, mas a Microsoft diz que a decisão é irrevogável. Além desses jogadores, outros que utilizavam jogos piratas relataram que receberam no início de setembro uma "segunda chance" dias após receber a notificação da suspensão.

Nesses casos, porém, a Microsoft teria aplicado uma espécie de atualização automática que eliminaria o desbloqueio do leitor de DVD para que esse rode somente jogos originais. Sobre isso, entretanto, não há uma resposta oficial da Microsoft.
Postar um comentário
  • Blogger Comentar usando Blogger
  • Facebook Comentar usando Facebook
  • Disqus Comentar usando Disqus

2 comentários :