Computador

[Computador] [twocolumns]

Xbox

[Xbox] [twocolumns]

PlayStation

[PlayStation] [twocolumns]

Nintendo

[Nintendo] [twocolumns]

Notícias

[Notícias] [twocolumns]

Downloads

[Downloads] [grids]

DICE divulga novo patch para Battlefield 4 que melhora o netcode

Desde o seu lançamento, dois grandes problemas estão perseguindo os jogadores de Battlefield 4: os crashes e o netcode ruim.

Após vários patchs, os crashes já foram resolvidos para a maioria dos jogadores, porém, o netcode ruim continua atrapalhando nas partidas, tais como morrer muito rápido, tiros não contar danos, além de outros erros de sincronia de informações.

Os problemas podem acabar, ou pelo menos diminuir, após o lançamento do próximo patch que estará voltado para a otimização do netcode.

imagem

No battlelog, uma postagem do desenvolvedor informa a lista das principais correções, entre elas:

  • diminuir os lags de servidor;
  • corrigir o atraso na câmera da morte, que faz com que o jogador aparenta estar morrendo muito rápido;
  • um possível aumento do tamanho do pacote de dados em alguns servidores (tickrate);
  • corrigir a morte instantânea enquanto caminha ou corre;
  • reduzir o erro da informação onde o inimigo está com zero de HP e ainda vivo;
  • correção para mira e hitbox sumindo em alguns momentos;
  • correção para problemas de sincronia do levolution, além de tiros que mostram o vir do lado errado e veículos que não levam danos;
  • correção de certos objetos que ficam com paredes invisíveis;
  • otimização para os sons de impacto, onde os jogadores não ouvem todos os tiros que estão recebendo e pensam estar morrendo muito rápido;
  • correção para problemas onde os efeitos de sangue, indicadores de dano, e saúde no HUD estão fora de sincronia.


Além destas correções, a DICE diz estar ciente do problema onde os jogadores atiram mas não registram nenhum dano ao inimigo. No último patch um código foi adicionado ao jogo onde os desenvolvedores podem acompanhar o que pode estar ocasionando este problema, e análises desses dados podem melhorar ainda mais os registros de tiros em atualizações futuras.
Postar um comentário
  • Blogger Comentar usando Blogger
  • Facebook Comentar usando Facebook
  • Disqus Comentar usando Disqus

Nenhum comentário :